Imagem 1

Papa recebe Lula com abraço emocionado. Falaram sobre a paz

Papa recebe Lula com abraço emocionado. Falaram sobre a paz

Lula: “Moscou e Kiev? Ninguém vai ganhar essa guerra. Eu sonho com um mundo multipolar” – é o título da longa entrevista exclusiva do presidente Lula ao jornal italiano Corriere della Sera, concedida na viagem à Itália, com compromissos iniciados nesta quarta-feira. O periódico resume as declarações de Lula: “O presidente do Brasil estará em Roma com o Papa, Mattarella, Meloni e Schlein (secretária-geral do Partido Democrático Italiano, Elly Schlein). Ele fala sobre paz, relações com a China, perspectivas comerciais com a Itália e o Brics. E diz: ‘A ONU? Ela deve ser mudada’”.

“Ninguém sabe como renascer como Luiz Inácio Lula da Silva, 77 anos. Descrito por Obama como ‘o político mais popular do mundo´’, e depois trancado em uma cela por 19 meses, ele acaba de retomar o Brasil ao derrubar o populista de extrema-direita Jair Bolsonaro, e está de volta ao cenário internacional em seu terceiro mandato”, diz o Corriere.

O argentino La Nación noticiou em ampla reportagem a visita do presidente Lula ao Papa Francisco no Vaticano. Informa que o objetivo do encontro foi encontrar uma saída para a guerra cada vez mais dramática na Ucrânia. A reunião durou 45 minutos, de acordo com o Vaticano. Outro item foi o “respeito pelas populações indígenas”.  De acordo com as fotos divulgadas pela Presidência brasileira, nas quais Lula pode ser visto abraçando Francisco, que aparece sorridente e relaxado, houve afeto e harmonia no encontro. O Papa disse que havia um clima de “grande simpatia e amizade” porque eles se conhecem há muito tempo. O Papa presenteou Lula com uma escultura de prata de uma flor com a inscrição: “A paz é uma flor frágil”.

“Com um abraço emocionado, o Papa Francisco recebeu Lula da Silva no Vaticano”, é o título do Clarín. Durante a reunião, Lula fez um convite oficial ao Pontífice para participar da celebração do Círio de Nazaré. Trataram da guerra da Ucrânia. Ainda nesta quarta-feira, a agenda de Lula incluiu uma reunião com a primeira-ministra, a ultradireitista Giorgia Meloni, e com o prefeito de Roma, Roberto Gualtieri, que o visitou em 2018, quando o atual presidente brasileiro estava na prisão devido a julgamentos de corrupção que foram posteriormente anulados pelos tribunais.

Encontro de Lula e o Papa também no uruguaio Ambito.

Veja Também:  Lula e Oliver Stone em Cannes

No El Tiempo, da Colômbia, Lula e o Papa falaram da “paz no mundo”.

O Papa e Lula discutiram uma série de preocupações comuns, incluindo a paz, a pobreza, a desigualdade e o meio ambiente, informou o Vaticano, segundo a Reuters.

O Expresso, pela agência Lusa, diz que Lula e o Papa tiveram uma boa conversa sobre a paz no mundo.

A agência cubana Prensa Latina também noticiou o encontro com nota oficial do Vaticano.

Lula e Papa Francisco têm encontro “muito amigável”, diz o britânico Independent

Zanin

A Prensa Latina noticiou a sabatina no Senado do advogado Cristiano Zanin, indicado pelo presidente Lula para o Supremo Tribunal Federal (STF). Zanin disse que defenderá a Constituição e sua independência e imparcialidade caso assuma o cargo.

Bolsonaro

O Expresso português traz reportagem sobre a possível inelegibilidade de Bolsonaro. “Até o próprio já admitiu que a inelegibilidade é um veredito provável. O vazio que vai deixar, caso venha a ser condenado, pode ser preenchido por outra pessoa igualmente controversa, mas também se abre espaço, dizem os analistas que falaram com o Expresso, para a desradicalização da direita.”

Plano de golpe

A Polícia Federal do Brasil descobriu um plano de golpe no celular de um assessor do ex-presidente Jair Bolsonaro.  O documento foi encontrado no celular do tenente-coronel Mauro Cid, um colaborador próximo do presidente durante o governo de Bolsonaro. O documento detalha as medidas a serem tomadas caso o resultado da eleição fosse favorável ao seu rival Luiz Inácio Lula da Silva. O documento foi intitulado “As Forças Armadas como poder moderador” e tentou disfarçar como constitucional o que teria sido uma intervenção militar no país, informou o site argentino Izquierda Web com alguns dias de diferença em relação ao noticiário brasileiro.

Regra fiscal

A comissão de assuntos econômicos do Senado aprovou nesta quarta-feira as novas regras fiscais propostas pelo governo do presidente Lula, marcando mais um passo à frente para a medida considerada crucial para conter o crescimento descontrolado da dívida pública, diz a Reuters.

Tagged: , , , , , ,

Leave comment