Autor: José Carlos de Assis

O ataque de Lula aos fetiches fiscais

O presidente Lula deu-se conta, finalmente, de que para o Brasil retomar efetivamente um ciclo de desenvolvimento sustentável não pode ficar prisioneiro das travas artificiais do superávit primário ou do equilíbrio fiscal.

Leia mais

A guerra eterna

Israel nasceu num momento em que os povos da terra, logo após a II Guerra Mundial, acabavam de tomar conhecimento do mais terrível genocídio de todos os tempos, o holocausto de mais de 6 milhões de judeus em campos de concentração nazistas.

Leia mais

Condenação histórica do sistema neoliberal

O discurso do presidente Lula na Assembleia Geral da ONU representou a mais contundente condenação econômica e moral do neoliberalismo, nas últimas décadas, por seu legado de aumento da desigualdade no mundo.

Leia mais

O “arcabouço fiscal” e a velha saída da Sumoc

Lembro-me de uma curiosa defesa que Delfim Neto fazia dos investimentos externos em infraestrutura. O investidor, dizia ele, não tem por que prejudicar o país depois do investimento feito, porque não pode colocá-lo nas costas e levá-lo de volta.

Leia mais

“O desmantelamento” do Brasil como Nação pela OTAN?

No Brasil, após a criação do BRICS, tivemos, em 2014/2015, grandes manifestações manipuladas, e a derrubada de Dilma, além do lawfare da Lava Jato contra Lula. Só isso basta para dar conta de nossa vulnerabilidade.

Leia mais

A EROSÃO DO DÓLAR E A MOEDA DOS BRICS

Nesse novo contexto, o Yuan, como núcleo de uma moeda de reserva de valor, de transações internacionais e de denominação de contratos, se afirmará como uma imposição da realidade mundial por si mesmo.

Leia mais

Conselhos contra a moeda dos BRICS

A vantagem da moeda comercial comum, no BRICS ou fora dele, é justamente retirar dos EUA o poder de ditar a liquidez mundial e as relações comerciais e financeiras internacionais.

Leia mais

Guerra e paz na Ucrânia: cenários.

Claro, com a retirada da França, da Alemanha e da Itália do financiamento a Kiev, a OTAN explode. O mundo voltará ao ponto que Mikhail Gorbachev, ao aceitar a dissolução do Pacto de Varsóvia, pretendia que as relações internacionais fossem conduzidas de 1999 em diante.

Leia mais

REFORMA TRIBUTÁRIA E EMENDAS PARLAMENTARES

O que está no radar é uma reforma tributária, que seria complementar à reforma fiscal-monetária instituída no “arcabouço” de Fernando Haddad. Ninguém sabe, por enquanto, qual será seu verdadeiro perfil.

Leia mais

ALI BABÁ DE UMA REPÚBLICA PRESIDENCIALISTA DESVIADA

É por isso que o julgamento de Arthur Lira pelo Supremo Tribunal Federal na próxima semana assume um sentido histórico. Se Lira for condenado, e espero que o Supremo aja com rigor, nos livraremos de boa parte da fonte de corrupção no Congresso, já que, sem sua liderança, o Centrão será esvaziado pelo medo de seus integrantes de também enfrentarem a Justiça.

Leia mais