Imagem 1

Brasil contabiliza pela primeira vez sua população quilombola: 1,32 milhão de pessoas

Brasil contabiliza pela primeira vez sua população quilombola: 1,32 milhão de pessoas

Os dados são do Censo Brasileiro de 2022 do IBGE e foram divulgados nesta quinta-feira (27/07). Os quilombolas, membros de comunidades afro-brasileiras, fundadas por africanos vítimas da escravização no Brasil, estão em 1.696 municípios brasileiros, a maioria (68,2%) no Nordeste, confira a reportagem no britânico The Guardian. (Foto: Marcelo Casal Jr./Agência Brasil)

Pela primeira vez na história do Brasil, um censo demográfico contabilizou a população quilombola do país: 1,32 milhões de pessoas. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (27), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que contou e mapeou os membros de comunidades afro-brasileiras, muitas vezes remotas, tradicionalmente fundadas por africanos vítimas da escravização no Brasil. Na reportagem Descendentes de africanos que escaparam da escravidão ganham reconhecimento censitário, The Guardian detalha: são 1.327.802 quilombolas (0,65% da população) distribuídos em 1.696 municípios. A maioria (68,2%) vive no Nordeste. Cerca de um terço vive na Amazônia, onde atuam como guardiões invisíveis da biodiversidade e enfrentam ameaças semelhantes às da população indígena local. O Censo de 2022 pode ser conferido no site do IBGE.

Em tempo: a indicação do professor e pesquisador Márcio Pochmann para a presidência do IBGE, antecipada pelo ministro Paulo Pimenta (Secom) pela ministra Simone Tebet (Planejamento) nesta-quinta-feira.

PACOTE DE TRANSIÇÃO VERDE

Brasil lançará pacote de transição verde ‘mais ambicioso“, destaca o Financial Times, Segundo o jornal londrino, “investidores saúdam programa ambientalista ousado de presidente de esquerda”. A reportagem destaca que “o Brasil está pronto para lançar um plano de transição verde no valor de centenas de bilhões de dólares em investimentos públicos e privados que as autoridades esperam que se torne a política de assinatura do terceiro mandato do presidente de esquerda Luiz Inácio Lula da Silva”. Com previsão para ser apresentado entre agosto ou setembro, diz o texto, o pacote abrangerá cerca de 100 iniciativas, incluindo comércio de carbono, bioeconomia e adaptação de infraestrutura em seis áreas políticas. Dados oficiais sugerem que a destruição da floresta tropical diminuiu mais de 33% nos primeiros seis meses deste ano em comparação com o período homólogo”, afirma o FT.

BRICS

A criação de instituições financeiras alternativas é um esforço difícil, mas necessário em um momento em que Washington transformou o dólar americano em uma arma, disse o presidente russo, Vladimir Putin, que criticou o uso do dólar enquanto ferramenta política, durante o encontro com a chefe do Novo Banco de Desenvolvimento, Dilma Rousseff, nesta quarta (26) em São Petersburgo. Dilma lembrou que o maior desafio para as nações em desenvolvimento é arrecadar fundos para projetos de interesse nacional, como reporta a russa RT. Antes do encontro, ela publicou uma nota em seu twitter, noticiada pela Reuters, afirmando que o banco multilateral criado pelos países do BRICS, “não está considerando novos projetos na Rússia por operar em linha com as restrições impostas nos mercados financeiro e de capitais”. O encontrou foi para discutir “o papel do NDB na próxima Cúpula do BRICS”. Dilma também se reuniu com o presidente sul-africano, Cyril Ramaphosa, para debater a expansão do banco, que nos últimos anos admitiu Emirados Árabes Unidos, Bangladesh e Egito como membros.

RÚSSIA – EUA – UCRÂNIA

Na russa Sputnik, destaque para o pedido do presidente da Ucrânia Vladimir Zelensky para que Lula una a América Latina pela Ucrânia. “Sei que ele não vai me dar armas”, disse Zelensky à Globonews nesta quarta (26). “Lula pode ajudar no processo de paz unindo os presidentes da América Latina para um encontro”.

No uruguaio El Tiempo, uma reportagem da agência EFE sobre o pedido do governo dos EUA de extradição do cidadão russo Sergey Vladimirovich Cherkasov detido em Brasília, desde abril de 2022. Suspeito de ser um espião, o russo de 36 anos tentou entrar na Holanda com um passaporte falso do Brasil, como Viktor Muller Ferreira. A recusa do pedido de extradição ao governo norte-americano foi anunciada pelo ministro da Justiça, Flávio Dino. Há ainda outro pedido de extradição solicitado pelo governo russo, e já aceito pelo Supremo Tribunal Federal, depois que o próprio Cherkasov anunciou sua disposição de ser enviado ao seu país.

Veja Também:  Tragédia no RS mudou o paradigma da resposta aos desastres climáticos no Brasil, diz Lula

POPULAÇÃO EM SITUAÇÃO DE RUA NO STF

O Supremo Tribunal Federal (STF) marcou para 11 de agosto o julgamento da decisão do ministro Alexandre de Moraes para que o governo apresente uma política nacional voltada às pessoas em situação de rua no país. O ministro do Supremo concedeu um prazo de 120 dias para o Executivo apresentar o programa de ação e acompanhamento da implementação dessa política. O processo será julgado em plenário virtual, formato de deliberação em que os ministros apresentam seus votos no sistema eletrônico do tribunal, destaca a cubana Prensa Latina.

MARIELLE FRANCO

No Rebelion.org, artigo de Fernando de la Cuadra aborda as investigações do assassinato de Marielle Franco e de seu motorista Anderson Gomes, no dia 14 de março de 2018, incluindo recentes revelações, durante denúncia premiada, do ex-Policial Militar (PM), Élcio de Queiroz. Ele confirmou que foi seu colega e ex-PM Ronnie Lessa quem disparou os tiros que mataram os dois, e que o sargento da PM Edimilson Oliveira da Silva, conhecido como Macalé, atuou como intermediário com o mandante do crime A deputada estava sob vigilância oito meses antes do ataque”.

BRASKEM EM MANAUS

O governador de Alagoas, Paulo Dantas, pediu ao Tribunal de Contas da União para suspender a venda da Braskem, até que os moradores vítimas dos tremores de terra provocados pela empresa, sejam indenizados. Práticas abusivas de mineração de sal cometidas pela empresa em Maceió, danificaram bairros inteiro e forçaram dezenas de milhares de pessoas a saírem de suas casas, conforme destaca a reportagem em The Brazilian Report. A questão foi também tema do Greg News, “Maceio afunda“.

2,7 MILHÕES DE TURISTAS

A Gol, a maior companhia aérea doméstica do Brasil, teve aumento de 27,9% na receita em relação a 2022, registrando um lucro de R$ 556,3 milhões (US$ 117,9 milhões) no segundo trimestre, muito longe do prejuízo de R$ 2,9 bilhões do ano passado. The Brazilian Report avalia que os resultados expressam uma recuperação do turismo em todo o país: nos quatro primeiros meses de 2023, chegaram ao país 2,7 milhões de visitantes internacionais. Um aumento de 41% em relação ao mesmo período no ano passado.

NA AMÉRICA, HÁ 25 MIL ANOS

O La Diaria reporta um estudo que propõe corritir, em pelo menos dez mil anos, a data atribuída a chegada dos humanos na América, até então em torno de 16 mil anos. Segundo as análises, os artesanatos feitos a partir de osteodermos de preguiças, encontrados nas cavernas de Santa Elina, no estado do Mato Grosso, contam com pelo menos 25 mil anos. Trata-se dos artefatos pessoais mais antigos conhecidos até agora em todas as Américas. O trabalho Evidence of artefacts made of giant sloth bones in central Brazil around the last glacial maximum, publicado no Proceedings of the Royal Society B, é assinado por Thais Pansani, Briana Pobiner, Pierre Gueriau, Mathieu Thoury, Paul Tafforeau, Emmanuel Baranger, Águeda Vialou, Denis Vialou, Cormac McSparron, Mariela de Castro, Mário Dantas, Loïc Bertrand y Mírian Pacheco.

Leave comment