Imagem 1

Lula vai ao Reino Unido para coroação de Charles III e novos avanços políticos

Lula vai ao Reino Unido para coroação de Charles III e novos avanços políticos

O convite do presidente brasileiro para a realização de uma cúpula de presidentes sul-almericanos em Brasília, no final de maio, e a anulação pelo STF do indulto concedido a deputado bolsonarista também estão entre os temas destacados pela mídia internacional nesta sexta, 5 de maio

Lula desembarcou em Londres, na manhã desta sexta-feira, para participar da cerimônia de coroação do Rei Charles III, marcada para este sábado, e de reuniões políticas. De acordo com a agência cubana de notícias Prensa Latina, o presidente brasileiro também teria um encontro com o primeiro-ministro britânico Rishi Sunak ainda hoje, para discutir temas como comércio, cooperação tecnológica e questões ambientais. À noite, participará de uma recepção oferecida pela família real britânica no Palácio de Buckingham, residência oficial do monarca.

Em março, Lula falou ao telefone com Charles III e, de acordo com o presidente, discutiram sobre a possibilidade de acordos entre Brasil e Reino Unido, além de outros temas, como a questão climática. “Conversei agora por telefone com o Rei Carlos III, do Reino Unido. Falamos sobre a vontade de aprofundarmos parcerias e discussões entre nossos países sobre a questão climática e proteção do meio ambiente”, comentou Lula, na ocasião, em seu perfil no Twitter.

***

O presidente Lula convocou uma reunião de presidentes sul-americanos para o final deste mês. De acordo com o site uruguaio El Observador, depois de mostrar sua capacidade de abrir portas para um Brasil politicamente isolado durante o mandato de Jair Bolsonaro, viajando e restabelecendo relações com Estados Unidos, Europa e China, além de nomear Dilma Rousseff como chefe do banco dos BRICS, o presidente brasileiro agora quer restabelecer e consolidar vínculos com os países vizinhos. Para isso, convocou uma cúpula de presidentes sul-americanos para o dia 30 de maio, em Brasília. De acordo com comunicado emitido pelo Itamaraty, o encontro tem como objetivo “promover um diálogo franco entre todos, com vistas a identificar denominadores comuns, discutir perspectivas para a região e reativar a agenda de cooperação sul-americana em áreas-chave, como saúde, mudança do clima, defesa, combate aos ilícitos transnacionais, infraestrutura e energia, entre outros”.

No intuito de cumprir o compromisso firmado durante sua campanha eleitoral, quando assegurou que o Brasil estaria “de volta ao mundo”, Lula agora se empenha em fortalecer as relações regionais para restabelecer tanto a União de Nações Sul-Americanas (Unasul) quanto a Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac).

Veja Também:  Mídia internacional destaca diplomacia brasileira promovendo integração e fortalecimento do Sul Global

Sobre a reintegração oficial do Brasil à Unasul, o Le Monde Diplomatique publica o artigo opinativo ‘O revival da Unasul: uma contribuição ao debate’. Assinado por Claudete de Castro Silva Vitte e Ricardo Luigi, o texto destaca a necessidade imperativa da estabilização da situação política nos países-membros – especialmente no Brasil, que é um líder regional – e do crescimento econômico, fundamental para resolver questões de longa data na região, como desigualdade, pobreza e violência, e ressalta que o sucesso da Unasul dependerá de vários fatores, inclusive da resolução de disputas entre as nações que fazem parte da instituição.

***

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), agência oficial de estatísticas do Brasil, firmou um acordo de cooperação com outros hubs regionais de tecnologia na China, Emirados Árabes e Ruanda para contribuir com o uso de big data e ciência de dados na produção de estatísticas.

A utilização de big data envolve a identificação de dados relevantes em meio a um enorme volume gerado em alta velocidade e em uma ampla gama. A ciência de dados, por sua vez, é o campo que estuda dados, extrai padrões e desenvolve novos métodos de análise e aprendizado de máquina.

Em novembro de 2021, foi inaugurado o Hub Regional de Big Data do Brasil, com o objetivo de aprimorar e modernizar a produção de estatísticas no país e na América Latina – um grande desafio, considerando a população de quase 600 milhões de habitantes, sendo 216 milhões somente no Brasil, além da concentração de 40% da biodiversidade mundial e um terço dos recursos hídricos do planeta. As informações são do Brazilian Report.

***

Durante uma sessão realizada nesta quinta-feira, o Supremo Tribunal Federal (STF) formou maioria para anular o indulto concedido pelo ex-presidente Jair Bolsonaro ao então deputado federal Daniel Silveira, condenado a oito anos de prisão por ameaças e incitação à violência contra integrantes do STF. Publicação do jornal português O Guardião destaca que seis ministros votaram pela nulidade do indulto, enquanto outros dois – André Mendonça e Nunes Marques, ambos indicados por Bolsonaro – votaram a favor da manutenção do mesmo.

Desde fevereiro, Silveira encontra-se preso por descumprir medidas cautelares, quando danificou sua tornozeleira eletrônica e retomou seus ataques às instituições democráticas do Brasil, além de questionar o processo eleitoral que levou à eleição do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

*Foto em destaque: Lula e o primeiro-ministro britânico Rishi Sunak (Ricardo Stuckert/PR)

Tagged: , , , , , , ,

Leave comment