Imagem 1

Tag: refugiados

O mundo e suas trágicas histórias

A desigualdade econômica e social é uma das principais misérias mundo afora. Poucos bilionários detêm a maior parte dos recursos e das riquezas e a grande maioria das populações sobrevive em condições precárias. O desemprego afeta milhões de trabalhadores com a consequente falta de renda, pobreza e exclusão social

Leia mais

Deslocados pela violência no mundo somam 114 milhões

Em todo o mundo, o número de pessoas refugiadas, deslocadas e solicitantes de asilo continua a aumentar constantemente, e uma das principais causas está nos conflitos que seus países de origem enfrentam

Leia mais

A miséria invade a Europa

Dois mil e quinze foi o mais cruel dos anos para os refugiados e também para os governos europeus que presenciaram o maior deslocamento de pessoas desde a Segunda Guerra Mundial

Leia mais

Mianmar deve responder pelo êxodo de um milhão de ruaingas

Mais de um milhão de ruaingas fugiram da perseguição e discriminação sistemática em busca de proteção internacional como refugiados em Bangladesh, e aproximadamente 600 mil permanecem no estado de Rakáin, onde continuam a sofrer restrições graves aos direitos e a ameaça de mais violência

Leia mais

A Europa no vale das sombras

Há quem afirme que a decadência da Europa teve início com a sua incapacidade de impedir, em fins do século19 e início do século 20, a aparição de uma direita que degenerou no fascismo e no nazismo. Teve de contar com a intervenção dos Estados Unidos e da União Soviética, o que consolidou sua trajetória de decadência

Leia mais

Os povos esquecidos pelo mundo

Em uma bem construída estrutura, ‘Adú’ conta com três narrativas que se desenrolam em paralelo no Marrocos, Camarões, Senegal, e convergem para a cidade de Melilla, enclave espanhol no norte do continente com dramática fronteira com o Marrocos

Leia mais

Mais de três milhões de pessoas foram deslocadas devido à guerra no Sudão

De acordo com o Escritório de Assuntos Humanitários da ONU, o conflito armado resultou na morte de pelo menos 1100 civis – dos quais 435 eram crianças – e deixou milhares de feridos

Leia mais

O continente fecha as suas portas

Os partidos políticos de cunho neofascista e outros também do campo da extrema direita acusam os imigrantes da falta de emprego, da criminalidade crescente, pelo ódio religioso e pelos ataques terroristas. O discurso populista e demagógico atrai grande parte dos eleitores de classe média e aqueles partidos radicais estão a chegar ou já estão no poder na Hungria, Polônia, Áustria, Itália, Suíça, Dinamarca, Noruega. Na França, o neofascista Rassemblement National (em português ‘Reagrupamento Nacional’), liderado por Marine Le Pen, é o novo nome do Front National (‘Frente Nacional’). Chegou perigosamente em segundo lugar nas últimas eleições para a Presidência da República

Leia mais

A ideologia extremista se espalha como uma mancha de óleo na Europa

A tendência de continuar promovendo o mito da “supremacia branca” não é nova, mas é um reflexo do que os descendentes de europeus fazem nos Estados Unidos, Canadá e Austrália

Leia mais

Refugiados, o naufrágio da Europa

No ano passado, mais de 2.500 pessoas morreram afogadas só no Mediterrâneo. Em 2023, até agora foram registrados perto de 1.200 mortes ou desaparecimentos

Leia mais