Autor: Luiz Marques

Luiz Marques é docente de Ciência Política na UFRGS, ex-Secretário de Estado da Cultura no Rio Grande do Sul

      Labirinto da extrema-direita

Atrás da tal liberdade defendida pelo populismo direitista, para ludibriar, encontra-se o inadmissível negacionismo da dignidade humana, junto ao tratamento dos recursos naturais como mercadorias extrativas para potencializar o lucro imediatista.

Leia mais

A esquerda e a democracia

A democracia precisa ser aperfeiçoada até para materializar promessas da modernidade, presentes nos valores civilizatórios. O governo Lula lidera a travessia, numa conjuntura de adversidades. A barbárie fincou raízes de opressão neocolonialista, no lapso 2016-22

Leia mais

Negacionismo, barricada da barbárie

A legitimação da realidade paralela (negacionismo) é garantida no ativismo das redes sociais, nos quais o democratismo dá voz ao nonsense e ao sentimento de importância dos que, pisados pelos de cima, desejam pisar nos de baixo.

Leia mais

Lula e as desigualdades

Não se vence a opressão sem enfrentar a resistência do status quo. Governar é optar. A esquerda não pode abdicar do discurso utópico em nome do conformismo com a ordem liberal. O Estado de direito democrático, per se, não enche barriga e não fabrica emprego com dignidade

Leia mais

Capitalismo em tempos do cólera

No Brasil, parcela das ditas “elites” endossa o golpe de 8 de janeiro. No fundo têm-se, de um lado, a defesa das finanças e do laissez-faire – o livre mercado; e de outro, o apoio à regulamentação – o planejamento de Estado.

Leia mais

Infocracia e crise da democracia

Resenha do livro do sul-coreano Byung-Chul Han. O combate à infocracia e ao neofascismo exige uma práxis ideológica transformadora. Com o otimismo de Lula: A verdade vencerá.

Leia mais

O passado dura muito tempo

O título do texto é uma paráfrase reversa da autobiografia de Louis Althusser, “O futuro dura muito tempo”.

Leia mais

            Não basta dizer não

Dizer “não” à necropolítica e ao necropoder significa recusar o arcabouço estrutural que descuida do planeta, provoca poluição, guerras e, ainda por cima, incrementa as desigualdades entre as classes sociais e reproduz os líderes autoritários.

Leia mais

O ovo da serpente

Psicopatas consideram normal o ex-presidente manter na cabeceira as memórias do ex-chefe do Doi-Codi (1970-1974), o torturador condenado pela Justiça.

Leia mais

Mídia e transparência

Mídia brasileira jogou holofotes em um ex-juiz, enaltecendo-o como herói, com vistas grossas às ilegalidades, conluios e métodos de tortura da Operação Lava Jato para extrair delações pré-fabricadas.

Leia mais